Falcão é suspenso por seis partidas por cusparada em torcedores na LNF

Camisa 12 do Sorocaba cuspiu em direção à torcida do Carlos Barbosa, na semifinal da Liga Nacional de Futsal. Pena será cumprida na LNF de 2016

São Paulo-SP 11/12/2015

 

Falcão está suspenso por seis partidas da Liga Nacional de Futsal, devido a cusparada nos torcedores de Carlos Barbosa, na segunda partida da semifinal da LNF. Com o julgamento, o jogador cumprirá a pena na edição de 2016. 

 

Para o Carlos Barbosa, mandante da partida, foi condenada a perda de mando de dois jogos e uma multa de R$ 15 mil, de acordo com o artigo 213, que cita o não cumprimento de providências capazes de prevenir e reprimir desordens, invasão e ou lançamentos de objetos no campo ou local de disputa do evento desportivo. 

 

A cusparada do camisa 12 aconteceu no dia 15 de novembro contra o Carlos Barbosa. Perdendo a partida por 7 a 5, resultado que levava a decisão por uma vaga na final para a prorrogação, o craque Falcão acabou perdendo o controle diante das provocações e disparando uma cusparada nos torcedores que estavam aglomerados atrás do gol do Sorocaba, que era defendido pelo craque, que atuava como goleiro-linha. O craque desabafou no dia seguinte, pedindo desculpas pelo ato em uma rede social.

Falcão agora trabalha pela montagem do elenco do Sorocaba para o próximo ano. A base do time deve ser mantida, mas o anúncio sobre dispensas e contratações não possui data definida. No próximo ano, o time finalmente poderá jogar na arena multiuso, que, após vários atrasos, deve ser entregue em março, segundo a prefeitura de Sorocaba.